Menu

A Passarela Olímpica

rio 2016Cerimônia de abertura Rio 2016

Uma passarela de luzes, alegria e patriotismo. O espírito olímpico invadiu o Maracanã e o Centro de Tênis no Rio de Janeiro, dando o tom e ditando a moda no maior evento esportivo do planeta. Da cerimônia de abertura ao último dia de competição, os atletas do tênis deram um show de elegância, mostrando que fair play é uma tendência eterna, em qualquer lugar do mundo.

O amor pelo país também é um item indispensável no dia a dia dos tenistas que participaram da Rio 2016, afinal esta edição não valeu pontos no ranking, nem distribuiu premiações em dinheiro, como manda uma das tradições olímpicas. Mesmo assim, alguns dos melhores do mundo mostraram que vestir a camisa é fundamental na carreira de um atleta, um exemplo a ser seguido no esporte e também na moda.

Além de muito bem representado por Caroline Wozniacki, Rafael Nadal, Andy Murray e Gilles Muller na cerimônia de abertura, o tênis também fez bonito nas quadras do complexo olímpico. Jogadas incríveis, partidas emocionantes e belos uniformes roubaram a cena. Confira quem subiu no pódio e garantiu medalha, dentro e fora das quadras, na Rio 2016.

rio 2016 gilles mullerGilles Muller, porta-bandeira de Luxemburgo

Um dos grandes rituais olímpicos, a entrada dos atletas é o momento mais esperado da cerimônia de abertura dos jogos e algumas delegações contam com a ajuda de estilistas de peso, de seus próprios países, na criação dos trajes que representam cada nação. Medalha de ouro para Ralph Lauren, que acertou em cheio na coleção para os atletas americanos, entre eles os medalhistas Venus Williams, Rajeev Ram, Bethanie Mattek-Sands, Jack Sock e Steve Johnson. Blazer em tecido leve na cor marinho, calça branca, mocassins em estilo náutico e blusa listrada nas cores clássicas do país: vermelho, branco e azul. Um show de elegância, estilo, conforto e praticidade.

rio 2016 USAShow de estilo e medalha de ouro para a coleção Ralph Lauren 

Ouro nas duplas, ao lado de Marc Lopez, Rafael Nadal foi a estrela à frente da delegação espanhola, que deu um colorido especial à cerimônia olímpica, logo que entrou no Maracanã. Os atletas vestiam blazer e sneakers azuis, camisa branca, calça e gravata vermelhas mais finas. Os detalhes que fizeram toda a diferença foram cintos em trecê, lenços e chapéus fedora. Pra completar o visual, muita alegria da delegação e o sorrisão do tenista espanhol, que deu um show de garra e patriotismo até o último dia da competição. Medalha de prata para o estilo dos espanhois!

RIO 2016 Nadal 2Rafa Nadal, porta-bandeira da delegação espanhola que leva medalha de prata 

A Dinamarca chegou com muito estilo e outro belo sorriso: o da porta-bandeira Caroline Wozniacki. As atletas desfilaram com lindos e clássicos vestidos vermelhos, acima dos joelhos, acompanhados de cropped blazers na cor azul marinho e tênis brancos. No traje masculino, ternos super bem cortados e com caimento perfeito em versão mais esportiva, com camisetas e tênis brancos. Medalha de bronze para uma delegação naturalmente elegante, moderna e sofisticada.

 rio 2016 wozO bronze vai para o estilo naturalmente sofisticado da delegação dinamarquesa 

As próximas coleções selecionadas chegaram bem pertinho do pódio e, por isso, também merecem destaque. A Grã-Bretanha fez bonito nas mãos de Stella McCartney para Adidas. Em trajes mais despojados, bem no estilo “esporte chique” da designer inglesa, os atletas desfilaram no Maracanã vestindo combinações de parca - peça super clássica - com bermudas ou saias, em marinho e branco, camisas e sneakers vermelhos nos pés. Uma proposta moderna e ousada para a equipe, que teve o bicampeão olímpico Andy Murray como porta-bandeira.

rio 2016 GBRAndy Murray e delegação britânica de Stella McCartney by Adidas

Berço mundial da moda, a França mais uma vez provou que menos é mais e apostou na simplicidade chique para vestir Jo-Wilfried Tsonga, Gael Monfils, Gilles Simon, Alizé Cornet e companhia. O branco foi o grande destaque da coleção criada pela Lacoste. A calça clássica e a camisa pólo - ícone do vestuário francês e do esporte - com detalhe sutil em vermelho na gola, faziam composição com sapatos também brancos e suéter marinho longo com zíper.

 rio 2016 françaO estilo esportivo clássico da Lacoste para a delegação francesa

Seguindo a linha francesa do “básico que não tem erro, a Itália apostou em outro tom clássico: o preto. O estilo esportivo com toques de sofisticação ficou evidente nos conjuntos de calça e blazer, com camisa pólo por baixo, e na modernidade do tênis nas cores do país - vermelho, verde e branco - nos pés. A coleção que vestiu os representantes de uma das capitais da moda no mundo, entre eles Fabio Fognini, leva a assinatura de Giorgio Armani.

rio 2016 italyDelegação italiana de "pretinho básico" by Giorgio Armani

Dentro das quadras, os uniformes também garantiram lugar no pódio. Serena Williams pode não ter nem chegado perto do bronze, mas o vestido azul marinho da Nike, de mesmo modelo do branco usado em Wimbledon, levou a medalha de ouro. Ouro também conquistado por Monica Puig que, mesmo com o pior ranking da história em uma final olímpica (34 do mundo), lutou até o último segundo para conquistar o primeiro lugar do pódio inédito para Porto Rico. O belo vestido Ellesse de recortes geométricos em vermelho, branco e azul usado pela “Pica-Power” merece prata. Um outfit campeão para uma tenista campeã.

rio 2016 serenaSerena não chegou às quartas-de-final, mas o vestido Nike ganhou o primeiro lugar do pódio

rio 2016 puigPuig é ouro e o vestido Ellesse leva a prata

Prata que vale ouro para Juan Martín Del Potro, que deixou tudo em quadra da primeira à última partida disputadas em solo carioca. Na cabeça, a imensa vontade de vencer e o inabalável poder de superação. No coração, o amor pelo esporte e por seu país. No corpo, as dores, o cansaço de uma semana extenuante e um dos mais belos outfits olímpicos: camisa azul e bermuda branca em total sintonia com os acessórios. A Nike nem precisou de muito esforço para acertar no visual do Delpo, já que as cores clássicas da Argentina e o tenista de Tandil esbanjam elegância. Medalha de bronze para o outfit celeste e branco.

rio 2016 delpoGarra, coração e cores clássicas não caem de moda jamais. Bronze para o outfit da Nike!

E quem vestiu a camisa, nos encheu de orgulho durante a Rio 2016 e merece a última homenagem aqui no Tennis Report é Thomaz Bellucci. Tudo bem que o outfit não era dos melhores, longe disso, mas o que importa é que ele levantou a torcida, surpreendeu os fãs de tênis e emocionou a todos com uma atuação jamais vista nestes anos de circuito. Medalha de ouro para o patriotismo e o incrível espírito olímpico do número 1 do Brasil. Valeu, Bellucci!

rio 2016 bellucciBellucci: sangue, suor e orgulho do tênis brasileiro na Rio 2016 

Imagens: Divulgação Rio 2016 / Getty Images / Reuters-Kevin Lamarque 

voltar ao topo