Menu

Tênis no paraiso

 rqr-2Rio Quente Experience Tennis Weekend 2016

Um oásis em meio à natureza exuberante que compõe a paisagem do Cerrado brasileiro. São dezoito nascentes de águas quentes e correntes que formam as piscinas termais do Parque das Fontes, aberto 24 horas por dia. Outra atração é o Hot Park, eleito pelo segundo ano consecutivo um dos 10 melhores parques aquáticos do mundo pelo TripAdvisor, que conta com a Praia do Cerrado, toboáguas, o Xpirado, além do Bird Land que abriga 300 animais recolhidos pelo IBAMA. A mega tirolesa, com visão panorâmica de todo o complexo, a 60 metros de altura, e o Eko Aventura Park também são imperdíveis para os amantes de esportes de aventura.

O Rio Quente Resorts é, sem dúvida, um destino imperdível. Estar no complexo de 497 mil metros quadrados, eleito por dez anos o melhor resort do Brasil pela revista Viagem e Turismo, é uma experiência incrível. Mas, acompanhar grandes nomes do esporte em ação e jogar tênis neste paraiso é uma experiência perfeita e inesquecível. É nesse clima que, há três anos, acontece o Rio Quente Experience Tennis Weekend, com clínicas de tênis, torneio Pro-Am e belas exibições para os hóspedes e convidados, nas charmosas quadras do complexo.

Quadras que, por treze anos, foram palco do Future Tennis Classic Rio Quente Resorts, onde muitos  brasileiros conquistaram seus primeiros pontos no ranking da ATP, entre eles Franco Ferreiro, André Ghem, Marcelo Demoliner, Alexandre Simoni, Caio Zampieri, Julio Silva, Marcelo Melo e Bruno Soares. Gilles Muller, de Luxemburgo, e os argentinos Leonardo Mayer e Brian Dabul também ergueram seus trofeus por lá. Em 2012, o torneio foi elevado à categoria Challenger e passou a ser chamado Rio Quente Resorts ATP Challenger Tour, distribuindo US$ 35 mil em prêmios e hospedagem. Foi lá que Guilherme Clezar conquistou o primeiro título de simples, em 2012. No ano seguinte, Fabiano de Paula e Marcelo Demoliner levaram o caneco nas duplas.

clezarGuilherme Clezar, primeiro título no Rio Quente Resorts ATP Challenger Tour 2012

Após duas edições, o Rio Quente Resorts ATP Challenger Tour se despediu das quadras goianas. Em 2014, o torneio deu lugar ao Rio Quente Experience Tennis Weekend, que recebe hóspedes, convidados e fãs de tênis em quatro dias de muito esporte e diversão. Este ano não foi diferente. A terceira edição do evento, que já virou um sucesso de público, reuniu gerações do tênis brasileiro e grandes nomes que fizeram a história do esporte.

A disputa do Torneio Rainha da Quadra, com jogos de simples e duplas, reuniu Carla Tiene e Letícia Sobral, jogadoras que defenderam o Brasil na Fed Cup, e Alory Pereira e Juliana Cardoso, jovens tenistas que competem em alto nível pelo tênis universitário dos Estados Unidos. Nas duplas, Carla e Alory enfrentaram Leticia e Juliana. Em simples, Juliana derrotou Alory em um jogaço de mais de duas horas, com parciais de 7/5 6/3 e levou o título, conquistado nos últimos dois anos por Nathaly Kurata.

juliana rainhaJuliana Cardoso, vencedora do Torneio Rainha da Quadra

alory rainhaAlory Pereira em ação na grande final

duplas femininoEncontro de gerações: Leticia Sobral, Juliana Cardoso, Alory Pereira e Carla Tiene

A principal atração do evento colocou frente a frente o chileno Nicolás Massú, único tenista da história a conquistar duas medalhas de ouro em uma mesma olimpíada (Atenas/2004), ex-número 9 do mundo e um dos maiores nomes do tênis sul-americano, e Flávio Saretta, campeão dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro/2007) que chegou a ocupar 45ª colocação na ATP.

O Desafio de Ouro foi o terceiro encontro dos tenistas, que têm o retrospecto empatado. Massú venceu Saretta no Masters 1000 de Monte-Carlo, em 2004, enquanto o brasileiro levou a melhor na disputa pelo título do ATP Challenger nas Bermudas, em 2003. A exibição, inclusive, já contou com outras estrelas do tênis mundial, como o equatoriano Andrés Gómez, campeão de Roland Garros, e o brasileiro Fernando Meligeni.

massu desafioNicolás Massú

saretta desafioFlávio Saretta

saretta massuDesafio de Ouro: Saretta x Massú

Massú proporcionou grandes jogadas, com winners de forehand e mostrou estar bem fisicamente ao vencer longas trocas de bola contra Saretta, que animou o público com provocações ao tenista chileno. O brasileiro levou a melhor, com parciais de 6/3 3/6 10-8 e celebrou o reencontro com seu antigo amigo de circuito. "Sensacional reencontrá-lo em um evento de tênis, nos conhecemos desde o juvenil e sempre temos momentos bons para relembrar”.

Para Massú, o ambiente durante a exibição estava perfeito, o que lhe rendeu novas e boas recordações do Brasil, onde conquistou seu último ATP da carreira, o Brasil Open em 2006. "Jogar com boa música ao fundo, o público interagindo e ainda rodeado por tantas belezas naturais é sensacional. Já joguei algumas exibições, mas esta sem dúvida foi uma das mais incríveis”.

hospitalityHospitality Center, ponto de encontro ao lado das quadras de tênis

coletivaColetiva de imprensa com os jogadores e organizadores

djs coquetelDJs Mari Tannus e Bianca Pio arrasaram nas pick-ups e na voz

Além dos jogos, o Rio Quente Experience Tennis Weekend 2016 também ofereceu clínicas de tênis para as crianças, os boleiros do projeto Bola Dentro e os adultos, Torneio Pro-Am e ações de relacionamento para os convidados do evento. Participei da clínica ministrada pela Carla Tiene e pelo Saretta e nem preciso dizer o quanto foi especial. Carla com o dom de ensinar e orientar, além da sabedoria e da experiência típicas de quem já percorreu o circuito como atleta e como capitã. Saretta com o jeito irreverente e o carisma que transformam qualquer ensinamento técnico ou tático em pura diversão.

Mas, o melhor do fim de semana ainda estava por vir. Na correria dos preparativos para a viagem, não consegui encordoar minha raquete a tempo. Estava há um ano e meio sem jogar, desde que minha filha nasceu, e não tinha pretensão alguma de participar de um torneio tão cedo. Mas, a vontade de dividir a quadra com grandes nomes do esporte me venceu de virada. Melhor pagar mico do que perder esse momento único em minha vida. Cheguei lá sem raquete, sem preparo, sem ritmo, sem jogo, sem lenço e sem documento. O placar? Game, Set, Match & Championship para nosso time. Méritos todos para meus parceiros que bateram um bolão! Resumo do fim de semana: voltei para casa sem raquete, sem lenço, sem documento, mas com um belo trofeu nas mãos. Valeu, Luis Guilherme e Flávio Saretta! E obrigada ao Grupo Try e ao Rio Quente Resorts por esses dias incríveis e inesquecíveis!

clinicaTurma na clínica com Carla Tiene e Flavio Saretta

pro amEquipes na final do Torneio Pro-Am

trofeuPremiação no luau da Praia do Cerrado. Valeu, parceiros!

Fotos: João Pires/Fotojump e João Raposo/Raposo Photo Studio (Divulgação Grupo Try e Rio Quente Resorts)
Mais informações: www.grupotry.com.br e rioquenteresorts.com.br

voltar ao topo