Menu

Um dia especial

 special day liz logoLiz, uma das estrelas do Special Day

Um dia lindo e ensolarado recebia o público de braços abertos. Aos poucos, o gramado se tornou um imenso jardim repleto de sorrisos, lágrimas e muita alegria. Crianças, adolescentes e adultos portadores de necessidades especiais unidos pelo esporte.

Na cerimônia de abertura, uma apresentação de dança dos alunos da Apae emocionou o público. Todos os colaboradores, patrocinadores e pessoas que ajudaram a realizar o evento foram homenageados com medalhas do evento.

Além de bater uma bolinha, eles participaram de mini-corrida, fizeram passeios de bike, brincaram no pula-pula inflável e tinham à disposição um lounge com frutas, cupcakes e água à vontade. Um DJ e um barman servindo coqueteis de frutas também fizeram a alegria da garotada no “Special Day – Tênis para todos”.

DSCN4692Apresentação de dança Apae - Bagé

DSCN4747Medalhas para os participantes e colaboradores

DSCN4722Frutas e água pra garotada

O lindo evento foi realizado em parceria com a Apae, mas aberto a todos os portadores de Síndrome de Down, autismo, complicações no parto e cadeirantes que se divertiram nas quadras do Círculo Militar de Bagé – RS.

A ideia surgiu num momento difícil na vida da professora de tênis Carla Larini. Há 6 anos sem jogar, ela retornou às quadras e conheceu Calvin, o filho adotivo de seu treinador. Portador de paralisia, ele sempre a recebia com um enorme sorriso no rosto. “Eu chegava estressada, pra descarregar as energias e, muitas vezes, chorando. Ele estava sempre ali, na frente da quadra. E pensava: tenho problemas que posso resolver e essa criança com um problema muito maior está sempre feliz. Depois disso não me permitia mais ficar triste e me sentia aliviada. Até que um dia começamos a jogar juntos. Fiz um curso na CBT (Confederação Brasileira de Tênis) para jogadores cadeirantes e me apaixonei”.

Com a ajuda do pai de Calvin, Carla convidou alguns alunos da Apae pra fazerem uma aula e correu atrás de pessoas dispostas a realizar o sonho das crianças. Pediu a um amigo que criasse um logotipo, pegou materiais emprestados, contou com a ajuda da Asics que doou 70 kits de camisetas, da Pacific e da Tretorn, que ajudaram com raquetes e bolinhas. Por fim, convidou alguns amigos professores para ensinarem os alunos.

Após 4 meses de muito trabalho, eles enfim estavam ali brincando, se divertindo, rindo e sorrindo. “Não tem preço que pague esses sorrisos. Dizem que fazer o bem faz bem. Parece clichê, mas realmente faz bem. Todo meu esforço e meu cansaço foram recompensados”.

special day amigosTênis: respeito ao adversário sempre

SidneyProfessor Sidnei Cabral com os alunos

DSCN4742Solidariedade

OtavioProfessor Otávio Reys com sua aluna

special day kid 2-2Pintou o campeão!

special dayViva o tênis!

Apaixonada pelos pequenos, Carla hoje se dedica ao tênis para crianças, realizou cursos na academia de Larri Passos e da GPTCA, com Guga Kuerten e Marcos Daniel, já que o tênis infantil é o ideal para eles, independentemente da idade de cada um. O objetivo é montar uma equipe para eles competirem no futuro.

“Eles têm uma capacidade muito além do que a gente imagina. Nunca praticaram tênis, mas nossa campanha foi tão forte que eles ficaram fascinados pelo esporte, pelas raquetes e bolinhas coloridas do método Play Stay, que trabalha com raquetes mais leves, dimensões de quadra menores, rede menor e bolinhas coloridas como a vermelha que é 75% mais leve. É o que capacita e facilita o jogo pois alguns têm problema de coordenação. A Cinthia e a Débora chegaram a trocar 6 bolas sem errar e, às vezes, a gente que já joga tênis, troca no máximo 2 ou 3 bolinhas. Isso quando o saque entra! rs”.

Carla sabe que seu trabalho não pode parar e já tem planos para o futuro. O objetivo agora é levar o “Special Day” para várias cidades do Brasil como São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre, próxima a receber o evento.

“São crianças que precisam de atenção, por mais que os pais dêem muito amor e carinho. Eles são muito inteligentes e sabem que são diferentes pois conhecem suas limitações. Mesmo assim são muito confiantes e capazes de tudo. E nós, que não temos nenhuma deficiência física ou mental, nos sentimos limitados. Eles não têm necessidades especiais, eles são especiais. Assim como as pessoa que convivem com eles. É um trabalho gratificante!”.

special day carla-2Carla Larini com a linda Liz

“One”, do grupo U2, é a música oficial do “Special Day”, a mesma escolhida como tema do "Special Olympics", em Londres. Impossível não se emocionar.

Muito obrigada à Clínica Previtali, CC Corretora de Seguros, Hotéis Obino, Madre Maria e Cinturão Churrascaria que possibilitaram minha ida à Bagé e me proporcionaram um dia mais que especial.

Fotos: Ariana Brunello, Jacqueline Ferreira e Fuzion Multimidia

Mais informações: www.facebook.com/specialdaytennis

voltar ao topo